“Coisas Frágeis I” – Neil Gaiman

Mais um livro de contos de Neil Gaiman! Mas já adianto que me decepcionei um pouco com esse. Calma, não é ruim, só que após ler Alerta de Risco e Fumaça e Espelhos, este não é tão bom. Primeiro, porque contém poucos contos. Segundo, porque não trazem finais chocantes e fantásticos como nos outros livros que citei.

A introdução é perfeita, o autor conta por que escolheu o título do livro e como foi escrevê-lo.

“…pessoas se despedaçam tão facilmente, sonhos e corações também.”

Falando um pouco sobre os contos, em “Um estudo em esmeralda” (analogia a “Um estudo em vermelho”, de Conan Doyle), Gaiman apresenta seu conto de Sherlock Holmes, com um toque de Lovecraft. As coletâneas de Gaiman são assim, trazem muitas referências a autores que ele admira e influenciam seu estilo. “A vez de outubro” traz uma história narrada pelos meses do ano. Em “Lembranças e tesouros” nos são apresentados dois personagens recorrentes: Sr. Alice e Smith. Um dos contos de que mais gostei foi “Os fatos no caso da partida da srta. Finch”, um grupo participa de um circo bizarro no subterrâneo londrino e me encantou pela peculiaridade da história.

Outro conto maravilhoso é “O problema de Susan”, que não deve ser lido por aqueles que não desejam spoilers sobre As crônicas de Nárnia. O livro tem alguns contos curtos, mas que não me chamaram muito a atenção “Golias”, “Como falar com garotas em festas” e “O pássaro de sol”. O último conto e mais longo, “O monarca do vale”, traz de volta Shadow, protagonista no romance Deuses Americanos, ele resolve viajar para o Reino Unido e acaba sendo contratado pelo Sr. Alice.

Agora, escrevendo esta resendownloadha e pensando na frase do autor: “a peculiaridade da maioria das coisas que consideramos frágeis é como elas são na verdade fortes”, reflito que a ideia principal do livro é retratar a vida, e as coisas pela qual passamos, algumas que nos permitimos, outras que negamos, ou que parecem malucas demais para serem concretizadas. E pensando desta forma, noto que apesar de ser um livro curto foi bem organizado, e os contos que estão presentes aqui, não se encaixariam tão bem outra obra.

Este livro possui uma continuação, Coisas frágeis II, o próximo livro que vou ler.

xoxo

Anúncios

Um comentário sobre ““Coisas Frágeis I” – Neil Gaiman

  1. Pingback: Coisas Frágeis II – Neil Gaiman | As Vantagens de ter um Blog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s