20 mil léguas submarinas – Julio Verne

 

wp-1489278115279.jpg

Neste livro o escritor francês no leva em uma viagem pelo fundo dos oceanos. Impelido pela curiosidade, o professor Aronnax junta-se a tripulação da fragata Lincoln. Esta parte em busca de um “monstro” que vem atacando embarcações e aterrorizando os navegadores da América e Europa. 
Numa tentativa de capturar o monstro, a fragata acaba sendo atacada e o professor junto de seu criado e do arpoador Ned Land caem no mar. Por sorte são resgatados pelo Capitão Nemo e levados como prisioneiros em seu estranho “barco submarino”.

Quando toma ciência do interesse de Aronnax pelo mundo submarino o Cap. permite que cativos tenham livre acesso as instalações. Juntos participam de jornadas cheias de aventura: florestas submarinas, caça de pérolas, uma travessia submarina do Mar Vermelho para o Mediterrâneo, uma viagem ao Pólo Sul, dentre outras.

O mais legal deste livro são as minuciosas descrições do autor, tanto da geografia (apresentando sempre latitude e longitude), como na descrição dos animais marinhos, sempre acompanhadas de curiosidades históricas. Ele também traz curiosidades sobre navegações e navios afundados.

Após sete meses pelos mares, já com material suficiente para seus estudos Aronnax concorda com os amigos em tentar uma fuga, já que segundo o Cap. Nemo, após ingressar, ninguém poderia deixar o Nautilus. Assim, ao longo de 20 mil léguas viajamos guiados pela riqueza literária de Verne. Eu sempre me surpreendo com a capacidade do autor juntar tantas referências a empreitadas fantásticas em suas histórias.

Outra resenha de Verne em: “Viagem ao Centro da Terra“.

PAX – Sara Pennypacker

wp-1488329048509.jpg

Um menino. Uma raposa. Um pai que vai para a guerra.

Peter foi obrigado pelo pai a devolver para  a natureza a raposa, Pax, que vinha criando há cinco anos. O pai deixa o menino para ser cuidado pelo avô e vai para a guerra. Inconformado Peter foge na primeira oportunidade para recuperar seu amigo.

Enquanto isso, Pax, salvo por Peter quando filhote, é uma raposa domesticada, não sabendo como se virar no bosque onde foi abandonada. Com paciência ele espera a volta de seus humanos. Logo ele conhece outras raposas: Arrepiada, que não gosta do cheiro humano de Pax, e Miúdo, seu irmão menor. Além destas, há Cinzento e sua fêmea que o ajudam a se alimentar e encontrar um caminho para casa.

Na casa do avô, Peter inicia a longa jornada de 500 quilometros até onde havia deixado Pax. Com doze anos e despreparado, em poucos dias ele consegue cair e quebrar um osso do pé. Busca abrigo em um celeiro, cuja dona é Vola. A mulher vive sozinha e teve uma perna amputada na Guerra. Apesar disso, cuida de toda a fazenda com excelência. Em princípio Peter acha que ela é uma louca devido ao seu jeito excêntrico de encarar as coisas. Porém, logo Peter passa a entender os motivos dela e pede que compartilhe sua sabedoria  com ele. 

Ao mesmo tempo Pax, aprende a viver na floresta, mas sem nunca perder a determinação de encontrar seu menino. As raposas se aproximam de um acampamento de guerra, perto da antiga casa de Peter. Lá, os soldados preparam trincheiras e enterram minas. Em um acidente, Miúdo acaba muito ferido e Pax fica dividido em cuidar do amiguinho e procurar seu humano.

A determinação de Peter em encontrar Pax é enorme. Ele insiste para que Vola permita sua partida antes do combinado, alarmado com o avanço das tropas pela região onde havia deixado a raposa. Ele parte, bem mais amadurecido do que chegou e contente por também ter contribuido para uma transformação em Vola. Por fim, Peter reencontra o amigo e Pax precisa decidir que caminho seguir. 

OPINIÃO:

Por ser um livro curto consegui lê-lo rapidamente. Há gravuras lindas que poderiam aparecer em pontos mais decisivos da trama.

Fiquei empolgada com as possibilidades da história no começo, mas conforme as páginas se aproximavam do final senti um vazio. Para mim, a autora não desenvolveu bem os problemas de Peter com os pais. As situações ficam confusas e inacabadas. Já os momentos de Peter e Vola promovem diálogos interessantes, que contribuem para o amadurecimento de ambos. A história de Vola sobre a guerra considerei mal contada, contudo boa, em sua essência. O que mais gostei foram os diálogos das raposas e a forma como Pax se recorda de Peter. Aqui a autora demonstra sua criatividade e doçura.

Foi um livro com o qual me decepcionei. Pela forma como se apresenta esperava “lições” mais profundas. Só que quase tudo é tratado superficialmente. Vai para lista de livros que gosto, mas considero escritos “com pressa” de serem entregues.

xoxo

Glambox Tropical e Glambox 5 anos

Em tempo, vou contar o que recebi nos dois últimos meses na Glambox. A edição de Janeiro foi inspirada no clima tropical e trouxe produtos para aproveitar no verão. Já a edição de fevereiro foi em comemoração aos 5 anos da Glambox e o presente para as assinantes foi uma mega necessárie, ao invés da clássica caixinha. Gostei mais dos produtos recebidos em Janeiro. Até reclamei com a marca porque na edição de fevereiro vieram 4 produtos com vencimento em menos de seis meses. Se o objetivo é fazer divulgação de produtos é burrice uma marca enviar produtos “velhos” para as clientes em potencial.

glamtrop

#Glamboxtropical:

Amostras:

Perfume Dance by Shakira 1,5ml

Fragrância adocicada, que não é do meu feitio. Interessante que a embalagem full é inspirada no “rebolado” da Shakira.

Máscara Boom Leads Care 10g

“Detona” os fios danificados em 3 minutos, hidrata e nutre, com colágeno  e proteína de seda. Muito boa a máscara, deixou meu cabelo hidratado por bastante tempo, considerando que a aplicação é rápida.

Máscara desmaia fios G.Hair 15g

Recupera as áreas porosas hidratando profundamente a fibra capilar. Fórmula com aminoácidos, vitaminas, colágeno e queratina. Promete hidratar sem pesar. Amei demais essa máscara, o cabelo ficou muito hidratado e com efeito como se tivesse feito uma escova.

Monange desodorante corporal 2 amostras de 20ml

É um hidratante firmador que restaura o colágeno e elastina, promete uma pele firme em 2 semanas. Como ganhei 2 amostras não posso dizer que senti diferença, mas na aplicação a pele fica mais firme sim.

Full sizes:

Máscara doadora de brilho Amend 300g (R$28)

Com ativos de Nano Cericina e polissacarideos de tamarindo! Mas a cor é de groselha e o cheiro é de limão hehehehe. São 3x mais brilho e 2x mais reconstrução da fibra capilar. Garante o brilho mesmo após processos químicos e uso do secador. Já havia recebido uma máscara da Amend que é ótima e rende muito.

Lightner Kit clareador de pelos  (pó descolorante 20g, loção reveladora 60ml, hidratante 15ml, 1 vasilha e 1 espátula) (R$16)

Fórmula com menta e aloe e vera que suavizam e hidratam  a pele enquanto descolorem. O hidratante é a base de camomila para acalmar a pele. Os produtos da Lightner são ótimas, esse kit clareia perfeitamente, mas não parece um descolorante. Pois, não tem aquele cheiro irritante característico.

Sabonete Palmolive Natureza secreta 90g (R$1,30)

Uma deliciosa fragrância e sementes de maracujá para esfoliar a pele.

Natureza Secreta Sabonete Liquido Açai 250ml (R$9)

Fragrância de açaí e textura esfoliante a base de sementes. Maravilhosa essa linha da Palmolive, produtos de qualidade, baratos e muito cheirosos.

Vult esmalte cremoso cor lichia 8ml (R$6)

Batom Eudora cor Pink Vintage 3,5g (R$30)

Contém vitamina E e fixação de até 6 horas. Tudo maravilhoso nesse batom!

Total recebido em full sizes: R$90,30

#Glambox5anosglam5

Full sizes:

Sabonete Johnson’s Reviva 90g (R$1)

Lirio d’água e eucalipto.

Esmalte Phebo Pink 10ml (R$23)

Promete alta cobertura, secagem rápida  e brilho intenso. Fórmula rica em cálcio, vitamina E  e proteína da seda para fortificar as unhas. Recebi a cor Stevie (marrom). Ótima aplicação, mas durabilidade média de 4 dias.

Batom Jafra 4g (R$25)

Batom com antioxidantes e FPS 15. Cor Honey Bum. Com vencimento para maio considerei o batom com aspecto envelhecido. Porém, nunca havia usado a marca, pode ser o aspecto “normal” do produto.

Footner Caneta para reduzir calosidades 2ml (R$40)

Contém uma lixa para ajudar a suavizar a pele. Promete resultados em 3 dias e aplicação precisa. A fórmula contém uma combinação de ácidos: a. salicílico, a. glicólico, a. lático, a. cítrico. Estou utilizando todos os dias e sinto uma suavizada na pele endurecida, mas há produtos mais baratos capazes de resultados melhores.

Total recebido em full sizes: R$89

Amostras:

Charming secante de esmaltes (50ml)

Sua fórmula com silicone forma uma película sobre as unhas, permitindo que o esmalte seque livre de poeira, arranhões e bolinhas. É melhor do que aqueles secantes que vem em embalagem de esmalte, não deixa os dedos “engordurados”.Só não faz milagre.

Salon line Shampoo SOS Bomba (100ml)

Promete crescimento do cabelo em 15 dias. Sem sal, com Whey Protein, de poder restaurador, com Vitamina A, para nutrir , Óleo de ricino, contra quebra e D-Pantenol que  evita o ressecamento.

Pacha Ibiza Clandestine (1.5ml)

Fragrância floral, frutada, com toque de âmbar, sândalo e camurça.

Hidratante corporal Monange (20ml)

Ideal para peles ressecadas promove retenção da umidade da pele devido a combinação de nutrientes e uréia que penetram profundamente ajudando na autoreparação da pele. Mais uma vez amostras da Monange, não uso a marca e me surpreendi com a qualidade dos produtos.

Colgate Plax Enxaguante  (60ml)

Reduz 99% dos germes. Refrescância “intensamente fria”. Sem álcool.

Ricca hastes removedoras de maquiagem (3 unid)

Já havia recebido esse produto na Glambox e não gostei. É preciso dobrar a ponta da haste para liberar o produto, mas facilmente ela se quebra. Achei o produto irritante aos olhos, apesar de conter aloe vera na fórmula. O produto não tira muito bem a maquiagem. Serve só para pequenas correções ou borrões.

xoxo

 

 

 

Cem anos de solidão – Gabriel Gárcia Márquez

downloadCem anos de solidão, foi minha primeira experiência de ler um texto em espanhol no Kindle Paperwrite. A narrativa é bem extensa e demorei quase um mês para ler. Obra do colombiano Gabriel Gárcia Márquez, foi publicado em 1967, e rendeu ao autor um Nobel de Literatura. A história gira em torno da empreitada de José Arcadio Buendía de atravessar o  continente até chegar ao mar. Porém, após dois anos de travessia funda um povoado para sua família e aqueles que os acompanharam. José Arcadio é um homem extremamente curioso e ao longo de sua vida se obcecava em descobrir os mecanismos que faziam funcionar toda novidade que aparecesse, montando e desmontando. Com seu amigo cigano Melquíades, iniciou seus estudos de alquimia e ourivesaria, que passou para seu filho Aureliano. Além de Aureliano, José Arcadio teve com Ursula, o primogênito, também chamado José Arcadio, que fugiu com ciganos. Há também a menor, Amaranta, e Rebeca, esta última foi trazida para o casal para que cuidassem.

A história vai se desenrolando conforme a família Buendía vai aumentando e as gerações vão se sobrepondo. A cronologia do livro é tão extensa que ao final os personagens mais jovens quase desconhecem a História dos antepassados. Márquez tem a característica de descrever os personagens um a um no decorrer da narrativa. Faz isso de forma natural, não maçante. Quase sempre até os personagens aparentemente insignificantes tem direito a uma longa descrição. No caso dos Buendía, essa distinção se faz importante devido a sucessão de nomes repetidos. Mesmo assim,  às vezes fica difícil entender de quem se está falando, já que há dois José Arcadio, Aurelianos, Arcadio, Aureliano José, duas Remédios… Cheguei a pesquisar uma “árvore genealógica” dos Buendía para conseguir acompanhar:

750px-buendiaMuitas são as peculiaridades que atingem  esse povoado isolado. Passaram-se décadas até ser descoberto pelo governo e pela morte. Situações mágicas e fantásticas são comuns ao longo da narrativa, a doença da insônia, o dilúvio, a morte dos pássaros, um corpo que exala pólvora anos após seu assassinato. Tudo isso se mistura a narrativa como banalidades diárias. Avanços como o trem e o telefone demoram a alcançar este povo. De maneira inteligente  o autor apresenta em Macondo a realidade de muitos países latinos. Países isolados, onde o progresso chega com a exploração do povo e da riqueza da terra. Países onde o governo negligencia a população e sufoca rebeliões com opressão, dando margem ao surgimento de guerrilhas.

Como José Arcádio, pai, e Úrsula são primos ela acredita que a família está condenada a maldição/superstição de ter os filhos nascidos com rabo de porco. A verdadeira sina dos Buendía na verdade é a solidão. Apesar de entregarem-se avidamente a paixão, há uma desgraça amorosa que os ronda, condenando todos a solidão. O autor arremata dizendo que um destino como o de Macondo e dos Buendía “era irrepetível desde sempre e para sempre, porque as estirpes condenadas a cem anos de solidão não tinham uma segunda chance sobre a terra”.

Retrospectiva: Um ano ruiva!

 

Gente já faz um ano que mudei o cabelo de louro para ruivo. Neste post vou contar um pouco desta saga.

Como o meu cabelo tinha o comprimento descolorido comecei utilizando uma tintura bem escura para depositar pigmento nesse comprimento. Usei a Keune 7.44, como você pode ver aqui. Em uma outra tentativa, parti para a Igora 5.77, no comprimento, e na raiz, usei uma 5.57, para dar uns reflexos dourados e tentar igualar com o comprimento. Se quiseres entender mais sobre essas numerações da Igora, acesse aqui.

Depois de um acidente dos infernos com Casting creme gloss, que acabou com meu cabelo, a saída foi um detalhado cronograma capilar. Larguei a tintura por um tempo e investi em tonalizantes. Até que resgatei, dos tempos de adolescente, a Anilina. É com ele que venho tonalizando faz uns 8 meses, apesar da sujeira é o que deixa a cor mais marcante e durável.

Então quando considerei que meu cabelo estava pronto para voltar a receber tintura e com o comprimento bem pigmentado, passei a utilizar a combinação:

1/3  Igora 0.77

1 tubo Igora 7.77

80ml Ox 30vol

Confesso que não ficou perfeito, mas é o que tem dado certo desde então. Eu cheguei a fazer umas mechas para esconder um pouco a diferença entre a raiz com base castanha e o comprimento com a base loira. Abaixo vocês podem ver meu cabelo antes de pintar, após a coloração e duas semanas após. A última foto foi após uma tonalização, dá para ver bem as partes que continuam com a base castanha, pois o tonalizante puxa para um vermelho/acajú ( essa foto foi tirada com flash num dia de sol, por isso tá tão marcado).

O que eu aprendi com isso tudo:

photogrid_1487032740892

  •  ser ruiva é cansativo, é necessária uma tonalização a cada semana;
  • A tintura ruiva fragilizou mais meu cabelo do que 2 anos de descoloração;
  • A cor só fica como sonhamos nos 3 primeiros dias  após a coloração;
  • Se você estiver com o cabelo descolorido e a raiz crescida como eu no começo dessa saga, faça uma descoloração na raiz e siga pintando igualando o tom da base com Ox de volumagem de acordo;
  • Anilina é ótima para tonalizar, mas mancha o banheiro, o rosto e a alma da gente;
  • O cabelo não tem uma cor x, mas tem uma nuance diferente conforme a iluminação de cada ambiente;
  • Evitar shampoos com muitos sulfatos, pois contribuem para a rápida despigmentação.
  • Legal, que é possível testar várias nuances sem mudar a base ruiva.

xoxo

Minha experiência com a Miss Pink Store

Oi pessoal! Muita gente faz post sobre suas compras e produtos que gostam. Porém, hoje quero falar sobre uma compra que não deu certo e produtos que me decepcionaram. Mas, calma, no final a marca foi bem atenciosa e me dei bem 😀

Em novembro passado conheci o site da Miss Pink por meio de um cupom que recebi. Como precisava de alguns itens de maquiagem resolvi aproveitar e testar a marca.

Esses foram os produtos que comprei:

O kit de leite hidratante cremoso dei de presente no Natal e me disseram que é bom. O problema está nos produtos que fiquei: o demaquilante e a caneta delineadora. O demaquilante cremoso mostrou-se ineficaz. No dia a dia, utilizo lápis na parte superior da pálpebra e máscara de cílios. Uso o demaquilante uma, duas vezes, o rosto fica borrado, mas não limpo. Na segunda passada, já sinto uma ardência nos olhos e desisto do produto. Detalhe que o produto é indicado para o rosto e olhos também.

Já a caneta delineadora foi a gota d”água. Tentei fazer um delineado de gatinho, mas a caneta não pinta. Deixa a pele acinzentada. O produto não tem aderência, foi só passar o dedo que saiu. A ponta logo começou a se abrir de tanto que eu tentava pintar. Deixei a caneta quieta, pensei em deixar passar, mas em janeiro, depois de testar novamente a caneta fui no Reclame aqui. Os responsáveis pela marca ficaram chocados com a minha reclamação, como vocês podem ler no link, e prometeram enviar uma caneta nova com alguns produtos para eu repensar a imagem que fiquei da marca.

Semana passada, sem nenhuma expectativa, recebi esses produtos:

1 caneta delineadora + 1 lápis delineador + batom matte + mousse corporal

img_20170210_2047149312

Insira uma legenda

Fiquei bem feliz, pois considerando o custo disso tudo para a marca é sinal que eles levam a sério a imagem da Miss Pink. O mousse corporal é de maracujá com chantilly é tem um cheiro divino. O lápis delineador é bom, não dura horaaas, mas dá para usar no trabalho, por exemplo. O batom é ótimo. E a bendita caneta delineadora?

img_20170210_2048258162

Vejam a diferença entre a que eu comprei e a que a marca me enviou após reclamar

Vocês podem ver que as embalagens são diferentes, apesar de ser o mesmo produto. A que eu comprei tem validade até 10/17, já a enviada pela marca vence só em 2019. Então, deduzo que me enviaram um lote velho, provavelmente com o produto já meio seco. A nova caneta dá sim para delinear, porém a durabilidade poderia ser maior.

No Reclame Aqui, disse que voltaria a fazer negócio com a empresa, pois considerei o atendimento deles bom e atencioso. Os outros produtos que testei gostei, sinceramente. Só que com tantas marcas consagradas no mercado dificilmente voltaria a me arriscar com essa.

E você também é um consumidor reclamão ou deixa passar de boa?

 

Minha experiência com o Kindle Paperwrite

Assunto polêmico para os amigos aficionados por leitura, livro de papel ou digital??

Por muito tempo eu fiquei com o primeiro grupo: ir até as livrarias e ficar horas perambulando, admirando as capas, lendo as sinopses, cheirando os livros (quem nunca?), comprar tantos livros até não ter mais lugar na estante, comprar livros que só vai se ler uma vez… mas eu mudei, comecei a me sentir desconfortável lendo livro de papel, a forma como tinha que me acomodar para conseguir ler confortavelmente, ter que ficar ajustando a luminária para a luz clarear o livro sem irritar os olhos e o mais importante: tem livros que amo, que estão na minha estante e fazem parte da minha personalidade, mas como leio muito e há livros que só leio uma vez, por curiosidade, não quero gastar dinheiro com esse tipo, então comecei a baixar livros para ler no notebook. Só que notei que ficar lendo 5 horas no notebook começou a prejudicar minha visão. Daí, senti a necessidade de comprar um leitor de e-book.

Eis as 3 principais opções de e-book que o mercado brasileiro nos oferece :

  1. A Livraria Cultura tem o KOBO, o mais simples está R$ 299.
  2. A Saraiva tem o LEV, com luz embutida R$ 479.
  3. A Amazon tem o Kindle, com luz R$ 379 (paguei R$ 310 na Black Friday).

Todos tem uma tecnologia que permite o ajuste da luz ao ambiente em que estamos. Na luz natural o aspecto é de folha de livro de papel mesmo. A maioria dos modelos vem com luz embutida que permite leitura no escuro sem irritar a visão, é bem diferente da tela dos tablets.

2017-01-30_21_33_02

Descanso de tela/ leitura com luz externa/ leitura no escuro

Escolhi o Kindle Paperwrite, pois me pareceu o de melhor custo benefício, tela com luz, acesso wi-fi e possibilidade de enviar os e-book por email para o aparelho. Vou explicar: o Kindle não tem entrada para MicroSD como o LEV, por exemplo, então para colocar os e-books na sua biblioteca você os envia do seu email pessoal para um email “@kindle” que é criado para você, esse email funciona como o seu drive e o que você envia para ele aparece na sua biblioteca no Kindle.

img_20170130_190957189_hdr

Página principal, biblioteca

O aparelho tem 4gb de memória para armazenamento, o que significa milhares de livros, já que cada livro tem pouco mais de 1mb. Você pode baixar livros da internet no formato próprio do Kindle (mobi) ou enviar diferentes formatos para o seu email @kindle com o assunto “convert” que o arquivo é automaticamente convertido para mobi e salvo na sua biblioteca. A Amazon tem uma imensa loja de E-books para quem preferir comprar, os preços nivelam com os de livro de papel para a maioria.

A bateria é outro ponto forte, já estava usando o aparelho há um mês quando foi necessário fazer uma recarga, que leva cerca de 4 horas. No rodapé, aparece quanta páginas foram lidas, % de páginas lidas e tempo médio para encerrar o livro de acordo com sua velocidade de leitura.

Até agora o mais legal que eu achei do Kindle foi a facilidade para ler livros em outros idiomas! Que inferno era na faculdade ler livros em outra língua e ter que parar a cada 5 palavras para procurar um significado no dicionário. Com o Kindle é só clicar na palavra! Ele te apresenta 3 páginas: significado, no idioma da leitura; link para Wikipédia e tradutor do Bing:

Abaixo do significado abrem 3 opções: Destaque, para realçar partes do texto, que ficarão salvas em uma página de recortes; Nota, caso queira salvar com alguma observação ou Compartilhar, se quiseres publicar um trecho no Facebook ou Twitter.

Apesar de os leitores de e-book servirem apenas para ler, o aparelho conta com um “Navegador Experimental”, pelo qual é possível acessar a internet, porém a experiência é meio estranha, lembra o jornal do Harry Potter, “O profeta diário”.

the_daily_prophet

Para fazer uma pesquisa rápida até serve, mas não consegui navegar porque o carregamento é lento é as imagens não carregam muito bem. Por isso, é chamado experimental, né? Além disso, não é para esse destino que o Kindle serve.

Bom, é isso, em menos de 2 meses de uso posso dizer que esse aparelhinho mudou minha vida e só vou comprar livros de papel se eu achar um incrível demais. Ali em cima tem os links para os sites da Cultura, Saraiva e Amazon, que contém todas as funcionalidades de cada modelo para quem tiver interesse.

** O livro das fotos é “Cem anos de Solidão”, resenha em breve…

xoxo